quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Conheça os sinais que podem indicar problemas cardíacos


O coração é o órgão mais nobre do corpo humano: se ele falhar, todo o resto imediatamente sentirá as consequências. Ele manda sangue para os tecidos do organismo, nutrindo, oxigenando e permitindo o bom funcionamento de todos eles. Mas os deslizes do dia a dia, mesmo que você nem perceba, geram uma sobrecarga ao coração e ele pode sentir as consequências do esforço em excesso. Segundo dados do Ministério da Saúde, as doenças cardiovasculares são responsáveis por, aproximadamente, 30% dos óbitos no Brasil, o que as torna a primeira causa de morte entre a população brasileira. Alguns fatores de risco como hereditariedade, doenças crônicas (obesidade, tabagismo) e maus hábitos, como sedentarismo e uma alimentação rica em gordura, favorecem as doenças do coração. Mas muita gente pensa que os sintomas de um problema cardíaco se resumem a dor no peito e falta de ar. Pelo contrário, uma lista de sinais inusitados pode indicar que algo não vem com o seu coração. 

Inchaço nas pernas e pés
"O enfraquecimento do músculo do coração, causado por uma insuficiência cardíaca, pode gerar o inchaço, principalmente nas pernas e nos pés", explica o cardiologista José Luiz Ferreira dos Santos, diretor de coordenação de Pesquisa da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP). O retorno de sangue das pernas e pés é dificultado pela gravidade, por isso esses membros costumam ser os mais acometidos. "O inchaço acontece porque o coração perde a força necessária para bombear o sangue adequadamente, o que acaba gerando a retenção de líquido", conta o especialista. Entretanto outras doenças como a insuficiência hepática, síndrome nefrótica (perda de proteína pelos rins), também podem causar inchaço.

Xantelasmas
Xantelasmas são depósitos de colesterol que aparecem com maior frequência nas pálpebras. O cardiologista José Luiz explica que essas pequenas bolsas amareladas podem estar associadas com anormalidades no metabolismo das gorduras, que acabam sendo depositadas na pele e na parede arterial. Assim, caso você tenha xantelasma, checar as taxas de colesterol é fundamental. "Níveis aumentados de colesterol são importante fator de risco para a doença das artérias do coração, chamadas de coronárias", explica.

Calvície
O cardiologista José Luiz Ferreira explica que já existem algumas publicações que relacionam a calvície com o risco cardíaco. A pesquisa de maior repercussão foi publicada em 2000 no periódico The Archives of Internal Medicine. O estudo analisou homens que estavam entre as idades de 40 e 84 anos de idade, seguindo-os por um período de 11 anos. Os homens portadores de calvície do tipo coroa (perda de cabelo no topo da cabeça) tinham risco de infarto maior e proporcional à evolução da calvície, ou seja quanto maior a progressão da calvície maior o risco para problemas nas artérias coronárias (os responsáveis por infartos). Mas o especialista afirma que é preciso cautela ao relacionar calvície e doença do coração, já que existem outros fatores que podem estar associados à perda de cabelo, como a própria genética.

Gengivite
Alguns estudos têm sugerido que a doença periodontal pode causar inflamação em todo o organismo, relacionando-se com o aparecimento da aterosclerose, o acúmulo de gordura nas paredes dos vasos. "Porém, no momento, a consideração a ser feita é que alguém descuidado com sua saúde bucal, provavelmente também se descuida da sua saúde no geral", explica José Luiz. "A presença de fatores de risco como obesidade, alteração do colesterol, diabetes, pressão alta, sedentarismo e tabagismo, acabam por causar uma doença cardíaca".

Fazer mais xixi do que o normal durante a noite
Quem sofre com insuficiência cardíaca, cirrose ou qualquer outra doença que cause inchaço nas pernas, pode apresentar aumento da vontade de urinar a noite. "Isso acontece porque, ao se deitarem, a tendência é que o líquido em excesso nas pernas retorne ao sangue e esse excesso de água seja então eliminado pelos rins", explica José Luiz Ferreira. O cardiologista Luiz Castanho, do Spa Sorocaba, lembra que o aumento da frequência da micção também pode estar relacionado a problemas na próstata, desordens metabólicas - como diabetes - e até mesmo ao uso de medicação diurética.

Ganho de peso injustificado
"Os indivíduos portadores de cardiopatias graves - como a insuficiência cardíaca - sofrem retenção líquida, pois seus corações não conseguem manter o bombeamento de sangue adequado", explica o cardiologista Luiz Castanho, do Spa Sorocaba. Essa deficiência do músculo cardíaco dificulta a chegada normal do volume de sangue a ser filtrado pelos rins, o que causa o acúmulo de líquidos no corpo e, consequentemente o ganho de peso. Uma das maneiras de acompanhamento da doença para esses pacientes é a pesagem diária.

Tosse noturna
"O aparecimento de tosse no período noturno ocorre porque, se o coração não trabalhar direito, na posição horizontal, que tomamos ao nos deitar, haverá um aumento do retorno de sangue para os pulmões, o que aumenta a congestão pulmonar e estimula a tosse", explica o cardiologista José Luiz. Entretanto, não é só o coração que pode causar a tosse: alterações pulmonares, refluxo gastroesofágico e outras doenças também podem causar tosse.

Fonte: Minha Vida

Coronel Ivaldo Barbosa deposita sua confiança na população ludovicense



O coronel Ivaldo Barbosa, candidato a vereador em São Luís vem conduzindo a sua campanha dentro das suas possibilidades, optando por visitar comunidades e fazer palestras sobre segurança pública e sempre é bem aceito pelos importantes trabalhos realizados, quando Comandante do PCE e que colocou a ROTAM nos bairros mais violentos da cidade, enfrentando a bandidagem e o tráfico de drogas. Foi com a força competente da Policia Militar, que enfrentou as barbáries, as fugas e outros conflitos internos dentro do Sistema Penitenciário, o que não foi conseguido pela Força Nacional. À época, o coronel Ivaldo Barbosa teve com importante aliado os agentes e inspetores penitenciários, que vinham sendo perseguidos pelo Secretário de Administração Penitenciária e por segmentos do Governo do Estado. Com as informações deles e uma estratégia de ação dos nossos militares conseguimos evitar que mais mortes viessem a ser registradas no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, diz o coronel Ivaldo Barbosa.
              Com o apoio do coronel Zanoni Porto, Comandante Geral da PM foi importante para termos mais de 20 viaturas na ROTAM nas ruas enfrentando a criminalidade, combatendo os assaltos a coletivos e o perverso tráfico de drogas.
               Através de uma Lei de Mobilidade Urbana, o governo envolveu a Policia Militar e eu passei de maneira forçada para a reserva e todo o um planejamento estratégico de ação foi abandonado e o que estava praticamente sobre controle, voltou a tona com mais força.
               O coronel Ivaldo Barbosa diz que a sua campanha tem sido bastante modesta, em razão de que, além de não ter dinheiro, pedir ajuda, implica em compromissos, que mais tarde serão cobrados. Como quero ter apenas compromisso com o povo, não recorri a ninguém, deixando a minha campanha por conta dos familiares e amigos que me conhecem e que acreditam na minha pessoa, mas acredito que o povo de São Luís, que sempre me apoiou, quando na Policia Militar, poderá fazer a diferença, destaca o coronel Ivaldo Barbosa, que tem o número 17.190. 
(Aldir Dantas)

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Jornalista da Globo e candidata a prefeita batem boca em entrevista


Na noite desta última segunda-feira, 26 de setembro, caiu um vídeo na internet em que uma repórter da Rede Clube, Karina Matos, afiliada da Globo no Piauí, discutindo com uma candidata a prefeita da capital teresinense, Lourdes Melo.

O vídeo teria sido divulgado pelo cinegrafista da emissora, que gravou tudo. A imagem mostra as duas  discutindo por conta da Globo e o seu “poder de manipulação”, segundo palavras da candidata.
Lourdes diz que Karina quer impor o que ela vai falar: “Você quer impor o que você quer que eu fale”. “Mas eu nem lhe perguntei nada, como eu quero lhe impor alguma coisa?”, respondeu a jornalista.

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Brasil registra um caso de sequestro internacional de criança a cada 3 dias


O governo brasileiro registra um caso de sequestro internacional de criança a cada três dias. Dos 287 nos últimos dois anos e meio, 56% são pedidos de devolução feitos por outros países ao Brasil. Nesse período, entre janeiro de 2014 e agosto deste ano, 55 crianças voltaram para seus países e 25 regressaram ao Brasil em função de negociação internacional.
Segundo a Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH), órgão ligado ao Ministério da Justiça que compila os casos, por trás desses dados há histórias como a da pernambucana Claudia Boudoux, de 39 anos, que foi para a Argentina neste mês para tentar recuperar o filho. Claudia tem duas opções. Uma é acionar a Justiça argentina diretamente – ela diz não ter recursos para isso. A outra possibilidade, que pode ser simultânea, é entrar com um pedido de cooperação civil com base na Convenção de Haia.
O Brasil tem uma parceria para o cumprimento dessa convenção sobre subtração de menores com 42 países, incluindo a Argentina. Os EUA são o lugar mais demandado pelo País para devoluções. Um dos casos é o da nutricionista Cintia Pereira, de 36 anos, que largou o trabalho e deixou a casa onde morava em São Paulo para ir travar uma disputa judicial pelo filho Joseph Lorenzo Heaton, de 5 anos. O garoto é fruto do casamento com o americano Gary Lee Heaton II, em Salt Lake. Eles se casaram em 2009 e se separaram dois anos depois. Em 2013, o ex-marido, que havia voltado a morar nos Estados Unidos, retornou ao País com pedido de divórcio e da guarda.
O americano conseguiu a guarda temporária do filho ao alegar à Justiça que Joseph era vítima de agressão da mãe e abuso sexual do irmão mais velho, hoje com 13 anos, fruto do primeiro casamento de Cintia. As acusações não foram comprovadas e a Justiça brasileira devolveu a guarda à mãe. Mas ela não recuperou o filho. O pai fugiu pelo Paraguai e levou a criança para os EUA, onde Cintia está e participou de audiência em abril, quando reencontrou o garoto. “Só abraçava. O pai dele falou que eu tinha morrido.”
A união durou apenas um mês. O ex-marido conseguiu a guarda provisória após repetir as acusações de agressão e abuso sexual à Justiça americana. “Eu sinto uma mistura de tudo: de injustiça e de abandono pelas autoridades brasileiras que dizem não ter verba para ajudar”, diz a nutricionista. “Estou vivendo de doações, de ajuda de pessoas comuns, que acompanham a história desde o desaparecimento.” Com a disputa judicial em duas frentes, Cintia tem dois advogados em dois países. 

Queixas
Mas os problemas não são unidirecionais. Portugal é o país com mais pedidos que deveriam ser cumpridos pelo Brasil (33 dos 170 ativos).
Já um relatório do Departamento de Estado dos Estados Unidos indica três casos de crianças americanas trazidas ao Brasil de forma supostamente ilegal somente em 2015. O documento leva em consideração registros do chamado Ato de Prevenção a Abdução Internacional Sean e David Goldman, nomeado após o processo do garoto de mãe brasileira. De anos anteriores, continuam pendentes ações sobre 13 supostos sequestros – o mais longo já perdura há mais de sete anos.
O País é alvo de críticas pelo “padrão de descumprimento” de convenções internacionais. A autoridade americana vê o atraso na apreciação de processos por tribunais como um fator que explica a situação. O Departamento informou que, no ano passado, mais de 600 crianças americanas foram reportadas como levadas para outros países. Mais de 4 mil foram incluídas em um programa de alerta de passaporte, de modo a evitar viagens ilegais. 

Trâmite
Nos casos da Convenção de Haia, o Brasil envia o pedido de cooperação ao órgão do Executivo ao país em que está a criança. A solicitação é repassada ao Judiciário local e se obtém uma ordem de retorno com base na convenção. Mesmo em casos em que há dupla nacionalidade, o fato tem importância secundária, assim como a preferência por viver com um ou outro genitor.
“A nacionalidade da criança ou dos pais é irrelevante para a decisão, pois o que vale é o local de residência habitual da criança, que também determina qual lei deve ser aplicada ao se analisar o caso”, destaca em nota a SEDH. “Uma criança que resida no Brasil e seja levada para outro país deve ter a guarda decidida no Brasil, e seu retorno ou não decidido pelo juiz com base na legislação brasileira.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

MG: Detento ganha medalha na Olimpíada de Matemática e acredita em mudança de vida


Aos 25 anos de idade, cumprindo pena na Penitenciária de Formiga, Diego Henrique da Silva Alves entendeu que não podia perder mais tempo na vida. Virou um aluno assíduo e dedicado. Depois de um ano, veio o reconhecimento que nem a família esperava.

Ele acaba de receber a medalha de bronze pela participação na última edição da Olimpíada de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), referente ao ano de 2015, já tendo garantido vaga para a segunda etapa da Obmep 2016. Foi a primeira premiação conquistada nessa competição por um aluno da Escola Estadual Professora Maria Aparecida de Rezende, que funciona dentro da unidade prisional.

Cursando atualmente o 3º período dos anos finais do ensino fundamental, Diego abandonou os estudos em plena adolescência, sem completar o 7º ano. Já adulto, em Nova Serrana, onde morava, a retomada dos estudos pareceu ainda mais improvável quando cometeu um crime, foi preso e condenado. A volta aos bancos escolares se deu justamente na penitenciária.

O superintendente regional de Ensino da Secretaria de Estado de Educação (SEE), Ricardo Medeiros, viajou de Passos a Formiga especialmente para entregar a medalha e o certificado a Diego na penitenciária.

“É importante para nós ver que dentro de uma penitenciária a educação está sendo levada a sério. E educação é um direito de todos. No contato que tive com o Diego, percebi que ele enxergou na participação na Obmep e na premiação um projeto de vida futuro, fora da penitenciária. Isso expressa bem a importância da escola”, observa Ricardo.

Diego, de fato, está animado. Agora, a nota 99 de Matemática que ele ganhou num distante 3º ano do ensino fundamental voltou a fazer sentido. “Depois disso eu me descuidei dos estudos, embora sempre tenha tido um desempenho razoável. Agora, depois de ter de estudar muito para rever as coisas que tinha aprendido e esqueci, só penso em aprender mais”, afirma.

Ensino
Inaugurada em 2008, no segundo ano de funcionamento da Penitenciária de Formiga, a Escola Estadual Professora Maria Aparecida Costa de Rezende tem 27 funcionários e 219 presos frequentes às aulas, sendo 24 no ensino médio.

 Fonte: Imprensa MG

IBGE: Brasil tem quase 900 mil índios





Um estudo do IBGE revelou que existem cerca de 900 mil indígenas vivendo no Brasil.E 60% desse total vive em terras indígenas reconhecidas. Os dados são do censo de 2010 e fazem parte do primeiro Caderno Temático sobre a população indígena.


A maioria dos povos indígenas se concentram nas regiões Norte e Centro-Oeste do país./ Dados do estudo mostram que eles se dividem em 305 etnias, o que faz do Brasil um dos países com maior diversidade sociocultural do mundo.



O estudo também mostra que 75% das pessoas que se declararam indígenas no país souberam informar o nome de sua etnia ou o povo ao qual pertencem.


Outro dado importante é em relação à língua. São 274 línguas indígenas ainda faladas em nosso país. Em áreas demarcadas, quase 60%  de indígenas com mais de cinco anos falam ao menos uma dessas línguas. Já nas áreas urbanas esse número cai e não chega a 10%.



O número de indígenas que moram em áreas urbanas brasileiras está diminuindo. Já em aldeias e no campo o número tem aumentado. A região Norte abriga a maior parcela de índios brasileiros seguida pelo Nordeste, Centro-Oeste Sudeste e Sul.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Japão tem mais de 65 mil pessoas com mais de 100 anos



O Japão bateu de novo neste ano o número recorde de cidadãos centenários, com um total de 65.692 registrados no censo, o que representa 4.124 ou 6,7% a mais que em setembro de 2015, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo Ministério da Saúde. Deles, 87,6% são mulheres, segundo os números revelados por ocasião da celebração do “Dia do Respeito aos Idosos”, festividade nacional que é comemorada em 19 de setembro.

O volume de centenários aumentou de maneira contínua desde 1971 e o Ministério prevê que o número cresceu principalmente pelos avanços dos tratamentos médicos. Quando as autoridades japonesas começaram a organizar os dados em 1963, o número de centenários era de 153, e 35 anos depois, em 1998, superaria pela primeira vez os 10.000.

Neste ano, o número de mulheres centenárias aumentou 3.797 (ou 7,06%) até as 57.525, enquanto o número de homens maiores de 99 cresceu 327 (ou 4,1%) até os 8.167. Nabi Tajima, de 116 anos (nasceu em agosto de 1900) e residente em Kagoshima, é a mulher mais velha do Japão, enquanto o homem de maior idade é Masamitsu Yoshida, de 104 anos. A esperança de vida média para as mulheres se situa em setembro de 2016 em 87,05 anos, enquanto para os homens fica em 80,79.

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

BACABAL: Polícia Militar frustra tentativa de roubo a agência bancária



 
Por volta de 01h30 da manhã desse feriado da independência, policiais do 15º BPM foram acionados pelo Sistema de Segurança do Banco do Nordeste para atendimento de possível ocorrência na agência de Bacabal. Ao chegarem ao local encontraram na garagem do prédio, localizado na Avenida Barão De Capanema, vários equipamentos utilizados para destruir parede e ainda uma quantidade de carne que, segundo o comando da PM, seria para neutralizar a ação de cães existentes nas residências vizinhas à agência bancária.

Os indivíduos aproveitaram-se do barulho emitido por uma casa de show que funciona ao lado e utilizando uma cunha hidráulica, furadeiras elétricas e outras ferramentas, destruíram parte da parede da agência, não chegando a concluir o roubo graças à ação rápida da Polícia Militar.
 
 
O 15º BPM informou que toda a ação delituosa foi registrada pelas câmeras do circuito de segurança da agência, onde aparecem dois indivíduos que, ao perceberem a chegada da polícia pelas luzes das viaturas, evadiram-se por um terreno pantanoso existente nos fundos da agência e que dá acesso ao Rio Mearim.

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

MP ajuíza ação contra candidato a prefeito de Anajatuba



 
Além dos 18 processos que já responde na Comarca de Paço do Lumiar, o candidato a prefeito de Anajatuba pelo Partido Progressista – Eduardo Castelo Branco terá de enfrentar mais uma demanda judicial.  Na semana passada, o Ministério Público de Anajatuba ajuizou a Ação Civil Pública de nº 39-98.2004.8.10.0067, por degradação ao Meio Ambiente.

De acordo com a inicial, o réu é proprietário de gado bubalino, criado de forma abusiva nos campos inundáveis da baixada, o que vem causando danos irreparáveis ao Meio Ambiente, no que tange a Fauna, Flora e Recursos Hídricos.

É oportuno salientar que em maio do ano em curso, a titular da Comarca de Anajatuba– juíza Jaqueline Rodrigues da Cunha, já havia julgado parcialmente procedente o pedido do Ministério Publico, determinando que Eduardo Castelo Branco retirasse todo o gado de propriedade dele, criado de maneira extensiva nos campus naturais, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00.

A magistrada condenou, também, o réu ao pagamento de Indenização por Danos Morais com objetivo de proceder à recomposição  do meio ambiente degradado. Eduardo Castelo Branco é o candidato a prefeito que responde ao maior número de processos.

Além da Justiça Federal e Comarca de Anajatuba, o candidato progressista responde, ainda, nada mais nada menos que 18 processos na Comarca de Paço do Lumiar. Os processos de nº 181-10.2014.8.10.0049; nº 1811-04.2014.8.10.0049; nº 180-25.2014.8.10.0049; nº 2204-26.2014.8.10.0049; nº 1582-78.2013.8.10.0049; nº 181-10.2014.8.10.0049; nº 1558-16.2014.8.10.0049; nº  738-94.2014.8.10.0049; nº 1559-98.2014.8.10.0049; nº 742-68.2013.8.10.0049; nº 1580-11.2013.8.10.0049;  nº 741-83.2013.8.10.0049; nº 1578-41.2013.8.10.0049; nº 472-44.2013.8.10.0049; nº 471-59.2013.8.10.0049 foram ajuizadas pela promotora de Paço do Lumiar - Gabriela Brandão da Costa.

Na época, Eduardo exerceu o cargo de Secretário de Orçamento e Gestão em Paço do Lumiar. Juntamente com outras 09(nove) pessoas, ele é acusado do desvio de milhões e milhões dos cofres da prefeitura luminense. Vale ressaltar, também, que Eduardo Castelo Branco é amigo de Gláucio Alencar, acusado de ser um dos mandantes da morte do jornalista Décio Sá. Quando esteve no exercício do cargo em Paço do Lumiar, segundo conta nas ações ajuizadas, vários contratos com empresas ligadas a Gláucio foram assinados com a anuência dele. 
 
 

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Milhares de pessoas prestigiam lançamento da campanha à reeleição do vereador Astro de Ogum

 
Uma verdadeira demonstração de liderança e popularidade. Assim pode ser definida a festa que contou com quase 5 mil pessoas, advindas dos quatro canto da Grande São Luís, na noite de sábado, 3, no Aterro, na Praia Grande. Oficialmente, o evento serviu como ponta pé inicial rumo à reeleição do vereador Astro de Ogum(PR).

O candidato, na condição de atual presidente da Câmara Municipal e vice-prefeito de São Luís, subiu ao palanque ladeado pelo candidato a vice-prefeito – Júlio Pinheiro(PCdoB), do deputado federal Weverton Rocha(PDT), da equipe de coordenadores de campanha e centenas de lideranças comunitárias.
Júlio Pinheiro - candidato a vice da Coligação Pra Seguir em Frente parabenizou o vereador pela bonita festa. Em poucas palavras, Pinheiro se mostrou perplexo com a capacidade de aglutinação de Astro de Ogum.

“Sem sombra de dúvida, a presença de milhares de pessoas, apenas, reflete o excelente trabalho que vem sendo desenvolvido pelo vereador ao longo de duas décadas”, declinou o candidato, que no ato representou o prefeito Edvaldo Holanda Júnior.

Em um rápido, porém caloroso discurso, o deputado federal Weverton Rocha, presidente estadual do PDT, ratificou as palavras do vice. “A magnitude desta festa não reflete só a capacidade política, mas, também, administrativa do vereador Astro de Ogum. A política brasileira vem atravessando um momento delicado. O descredito e a desconfiança são latentes no nosso eleitorado. Somente alguém com espirito aguerrido e confiança no trabalho desenvolvido teria coragem de marcar evento em um local com essas dimensões, digo, amplo e descampado. Parabéns vereador. As milhares de pessoas que atenderam sua convocação denotam, apenas, a liderança política que és. Por isso, na atualidade, é apontado como referência na capital maranhense”, disse o deputado.

Após várias homenagens, entre elas do grupo de desbravadores do Colégio Adventista, sem conseguir conter a emoção, o vereador discursou. “Não tenho palavras para agradecer a presença de cada um. Vocês vieram aqui, em um sábado à noite, simplesmente, prestigiar-me. Em 2000, quando conquistei o primeiro mandato, dei início a minha trajetória política. Após esse interregno de tempo, mesmo sem advim de família abastarda, consolidei-me e conquistei meu espaço. Com muito trabalho em prol dos menos favorecidos, da cultura e do social venci preconceitos. Quebrei paradigmas e intolerâncias, e, por aclamação, fui escolhido o primeiro pai de santo no País, a comandar o legislativo de uma capital. Hoje, considero-me um homem vitorioso. Deus e povo me deram muito mais do que merecia. Por isso me sinto na obrigação de fazer mais e mais pelos ludovicenses. Muito obrigado”, disse.

O vereador encerrou suas palavras enaltecendo o trabalho do prefeito Edvaldo Holanda Júnior (PDT). “Gente não se enganem. Somente Deus consegue fazer milagre. As dificuldades são reais, principalmente para os municípios. O corte de receita por parte do Governo Federal para os municípios foi brusco, mas, mesmo assim, ninguém pode negar que o prefeito Edvaldo conseguiu avançar nas ações administrativa. Muitas obras foram iniciadas e concluídas. O funcionalismo, diferentemente de grandes centros, está com a folha em dias. Vamos juntos. Eu só 12. Vocês são 12. E juntos, somos 12”, finalizou Astro de Ogum.